Blog

Whirlpool divulga Relatório de Sustentabilidade 2015/2016


A Whirlpool Latin America, dona das marcas Brastemp, Consul e KitchenAid e líder do mercado latino-americano de eletrodomésticos, apresentou na última quarta-feira, 7, o Relatório de Sustentabilidade relativo a 2015/2016.

No período, foram investidos R$18,1 milhões em gestão ambiental, reafirmando o compromisso da companhia com a liderança sustentável. O Relatório de Sustentabilidade da Whirlpool é auditado pela KPMG e segue as diretrizes do GRI (Global Reporting Initiative), órgão que regulariza as boas práticas de sustentabilidade seguindo as orientações dos ODS (Objetivos de Desenvolvimento Sustentável), determinados pela ONU (Organização das Nações Unidas), dos quais empresas no mundo todo são signatárias.

“Sustentabilidade faz parte da estratégia da Whirlpool desde o início da sua história. O tema permeia a gestão do negócio com maturidade, sendo fundamental para o alcance de bons resultados”, afirma Armando Ennes do Valle Jr., vice-presidente da Whirlpool.

Para realizar o lançamento deste relatório, a Companhia reuniu na Brastemp Experience – espaço que conta com as linhas mais icônicas da marca e destinado a oferecer experiências diferenciadas ao consumidor – jornalistas, blogueiros e formadores de opinião de diversos veículos do Brasil para uma apresentação dos resultados.

Vanderlei Niehues, diretor de Sustentabilidade, Saúde, Segurança e Meio Ambiente e Assuntos Regulatórios apresenta iniciativas da Companhia | Foto: Sérgio Zacchi / Divulgação

Além de dados sobre captação da água pluvial, zero resíduos enviados para aterro, reciclagem e reúso de matéria-prima, foram apresentados os impactos gerados também na área social por meio do Instituto Consulado da Mulher. A ação criada em 2002 já beneficiou mais de 34 mil empreendedoras individuais, de 21 estados brasileiros. O Instituto apoiou mais de 200 empreendimentos populares por meio de assessorias gratuitas, principalmente na área de alimentação, nos dois últimos anos.

Leda Böger apresenta impacto gerado na área social por meio das ações do Instituto Consulado da Mulher | Foto: Sérgio Zacchi / Divulgação

“Quando o Consulado surgiu, pouco se falava no empoderamento feminino, da inclusão da mulher e da equidade de gênero. Essa conversa começou a vir depois, então, foi uma visão inovadora da empresa no sentido de incluir a mulher como um elemento importante no desenvolvimento econômico e social. Você não pode pensar em desenvolvimento social pleno se não considerar também a participação da mulher na economia”, afirma Leda Böger, diretora executiva do Consulado da Mulher.

Ainda na ocasião, a empreendedora e chef Marcia Monteiro, do restaurante Fio de Azeite e ex assessorada do Consulado, ficou responsável por todo o cardápio oferecido. Ele contou com coquetel de entrada, prato principal, sobremesa e bebida. Todos os convidados puderam saborear as delícias preparadas por ela.


Chef Marcia Monteiro no momento da preparação dos pratos | Foto: Consulado da Mulher / Divulgação

Para ter acesso a este e outros resultados, clique aqui e acesse o Relatório na íntegra.
#sustentabilidadewhirlpool #reconhecendoeapoiandomulheres

Comments

comments

Comentários

Name*

Email* (never published)

Website