Blog

Processo Seletivo de Empreendedoras: Banca Avaliadora


Durante o mês de novembro e dezembro, acontece em São Paulo, Rio Claro, Joinville e Manaus, mais uma etapa do Processo Seletivo de Empreendedoras do Consulado da Mulher: as bancas avaliadoras.

Continue lendo e entenda a atividade.

(Processo em São Paulo)

Após passar pela primeira fase de formação – que inclui temas de gestão financeira, marketing, vendas, sustentabilidade, etc –  as empreendedoras assessoradas pela ação social da Consul, devem apresentar a uma banca avaliadora o seu plano de negócio, desenvolvido com o auxílio dos educadores sociais do Consulado da Mulher..

A banca é composta por voluntários(as) e empreendedores(as) já estabelecidos no mercado, e tem como missão orientar, oferecer respostas e propor novas ideias. Assim, durante o próximo ciclo de assessoria, que terá a duração aproximada de um ano e meio, as empreendedoras seguem com a missão de melhorar e fazer crescer o seu negócio.

Para Cleide Gasparin, Especialista de Projetos Sociais em Joinville, esse  processo de crítica e orientação é extremamente necessário para que cada empreendedora enxergue com clareza o que já melhorou e o que ainda precisa ser melhorado.  

(Processo em Joinville)

“Acompanhar este trabalho de perto me trouxe ainda mais orgulho do Consulado da Mulher. Não existe somente o apoio técnico, sem dúvidas a atenção personalizada à cada empreendedora  também é o que faz estas mulheres crescerem e levarem para dentro de casa a empolgação do desenvolvimento do próprio negócio e alegria para a família!”, disse Greici Helena, Procurement Excellence da Whirlpool Corporation, empresa fabricante da marca Consul e mantenedora do Consulado da Mulher.

Comments

comments

Comentários

Name*

Email* (never published)

Website