Últimas Notícias

Voluntárias realizam treinamento com empreendedoras

Nesta segunda-feira, 12, as voluntárias Relbe Rezende e Sylvia Mazza, Supervisoras de Vendas da Whirlpool, realizaram um treinamento para 17 (dezessete) mulheres, na Unidade das Nações Unidas, em São Paulo (SP).

Na ocasião, as empreendedoras puderam contar um pouco sobre seus negócios, o que produzem/comercializam e as dificuldades encontradas no dia a dia.

De uma maneira lúdica e explicativa, Relbe e Sylvia falaram sobre a importância de conhecer bem o cliente, comunicação frente a frente, principais erros no momento da venda, maneiras de conseguir abertura com potenciais consumidores do produto, entre outros temas.


Empreendedoras assistindo à apresentação das voluntárias | Foto: Consulado da Mulher / Divulgação

Além disso, as próprias empreendedoras puderam trocar experiências e conhecimentos em relação à comercialização de seus produtos e como superaram algumas dificuldades encontradas no início.


Empreendedoras trocando conhecimento | Foto: Consulado da Mulher / Divulgação

“Gostei muito do treinamento. Foi um super aprendizado, pois é um tema que ainda não tínhamos tido contato. A parte dos 5 erros que não podemos cometer no processo de venda foi maravilhosa. Achei demais!”, afirma a empreendedora Ilma Mendes de Oliveira.

Já segundo a Carla de Carvalho Silva, do empreendimento Carla Honey, “Adorei esta oficina. Aprender coisas novas sempre nos incentiva a continuar. Percebi que acabo pecando nos pequenos detalhes e agora, com certeza, farei diferente. Terei muito mais cuidado com meus clientes e estarei cada vez mais próxima deles para entender o que realmente precisam.”.


Empreendedoras e voluntárias reunidas após treinamento | Foto: Consulado da Mulher / Divulgação

Com este treinamento, o Consulado deseja que as empreendedoras tenham absorvido todos os aprendizados e que possam ampliar suas perspectivas, transformando mais sonhos em realidade.

 

 

Whirlpool divulga Relatório de Sustentabilidade 2015/2016

A Whirlpool Latin America, dona das marcas Brastemp, Consul e KitchenAid e líder do mercado latino-americano de eletrodomésticos, apresentou na última quarta-feira, 7, o Relatório de Sustentabilidade relativo a 2015/2016.

No período, foram investidos R$18,1 milhões em gestão ambiental, reafirmando o compromisso da companhia com a liderança sustentável. O Relatório de Sustentabilidade da Whirlpool é auditado pela KPMG e segue as diretrizes do GRI (Global Reporting Initiative), órgão que regulariza as boas práticas de sustentabilidade seguindo as orientações dos ODS (Objetivos de Desenvolvimento Sustentável), determinados pela ONU (Organização das Nações Unidas), dos quais empresas no mundo todo são signatárias.

“Sustentabilidade faz parte da estratégia da Whirlpool desde o início da sua história. O tema permeia a gestão do negócio com maturidade, sendo fundamental para o alcance de bons resultados”, afirma Armando Ennes do Valle Jr., vice-presidente da Whirlpool.

Para realizar o lançamento deste relatório, a Companhia reuniu na Brastemp Experience – espaço que conta com as linhas mais icônicas da marca e destinado a oferecer experiências diferenciadas ao consumidor – jornalistas, blogueiros e formadores de opinião de diversos veículos do Brasil para uma apresentação dos resultados.

Vanderlei Niehues, diretor de Sustentabilidade, Saúde, Segurança e Meio Ambiente e Assuntos Regulatórios apresenta iniciativas da Companhia | Foto: Sérgio Zacchi / Divulgação

Além de dados sobre captação da água pluvial, zero resíduos enviados para aterro, reciclagem e reúso de matéria-prima, foram apresentados os impactos gerados também na área social por meio do Instituto Consulado da Mulher. A ação criada em 2002 já beneficiou mais de 34 mil empreendedoras individuais, de 21 estados brasileiros. O Instituto apoiou mais de 200 empreendimentos populares por meio de assessorias gratuitas, principalmente na área de alimentação, nos dois últimos anos.

Leda Böger apresenta impacto gerado na área social por meio das ações do Instituto Consulado da Mulher | Foto: Sérgio Zacchi / Divulgação

“Quando o Consulado surgiu, pouco se falava no empoderamento feminino, da inclusão da mulher e da equidade de gênero. Essa conversa começou a vir depois, então, foi uma visão inovadora da empresa no sentido de incluir a mulher como um elemento importante no desenvolvimento econômico e social. Você não pode pensar em desenvolvimento social pleno se não considerar também a participação da mulher na economia”, afirma Leda Böger, diretora executiva do Consulado da Mulher.

Ainda na ocasião, a empreendedora e chef Marcia Monteiro, do restaurante Fio de Azeite e ex assessorada do Consulado, ficou responsável por todo o cardápio oferecido. Ele contou com coquetel de entrada, prato principal, sobremesa e bebida. Todos os convidados puderam saborear as delícias preparadas por ela.


Chef Marcia Monteiro no momento da preparação dos pratos | Foto: Consulado da Mulher / Divulgação

Para ter acesso a este e outros resultados, clique aqui e acesse o Relatório na íntegra.
#sustentabilidadewhirlpool #reconhecendoeapoiandomulheres

Consulado da Mulher é destaque em publicação da ONU Mulheres

A Whirlpool Latin America e o Consulado da Mulher foram citados pela ONU Mulheres, no manual Corporate Guide Gender-Responsive Procurement, por terem boas práticas, como as Oficinas do Sabor, que mantemos em todas as nossas Unidades, inclusive na Embraco.

O guia reforça a importância das atividades de procurement na conquista dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), fornecendo às corporações e seus fornecedores uma compreensão mais profunda sobre as barreiras e desafios que impedem as mulheres de participarem plenamente das cadeias de valor locais e globais, de maneira a atuar nos Signatários dos Princípios de Empoderamento da Mulher, especialmente o Princípio 5: apoiar o empreendedorismo de mulheres e promover políticas de empoderamento das mulheres por meio das cadeias de suprimentos e marketing.

Além disso, o guia fornece ferramentas e técnicas para reduzir ou eliminar essas barreiras e desafios para alavancar o grande potencial econômico inexplorado, representado pelas mulheres como fornecedoras.

Desde 2002, trabalhamos a capacitação de mulheres empreendedoras que vivem em comunidades com vulnerabilidade social.

Em 2007, incluímos essas mulheres na nossa lista de fornecedores e, até hoje, elas trabalham nas Oficinas do Sabor em nossas Unidades com assessoria direta de nossos educadores sociais. Esta iniciativa inovadora gerou resultados positivos, tanto para a Companhia como para as mulheres empreendedoras:

  • Aproximadamente 110 mulheres já foram beneficiadas;
  • Em 2016, havia mais de dez mulheres, proprietárias de microempresas, fornecendo para a Whirlpool;
  • Os lanches, sozinhos, geraram receita bruta de 1 milhão de reais, entre janeiro e outubro de 2016;
  • Duas outras empresas em São Paulo, decidiram incluir essas Mulheres empreendedoras em suas cadeias de suprimentos, uma no ramo de seguros e outra no ramo médico.

São muitas razões para acreditar e para continuar transformando sonhos em realidade.

#consuladodamulher #reconhecendoeapoiandomulheres 

Conheça os pré-aprovados do Prêmio Consulado da Mulher 2017

A 5° edição do Prêmio Consulado da Mulher 2017 foi lançada em 8 de março (Dia Internacional da Mulher) e as inscrições encerradas em 30  de abril. Durante este período, foram aproximadamente 100 projetos recebidos de 22 estados do Brasil.

Na última semana, nossa equipe técnica  esteve reunida para realizar a avaliação de todas as inscrições recebidas, e que se enquadram nos pré-requisitos (disponíveis aqui). Desta avaliação, 17 projetos foram pré-aprovados!

As visitas técnicas aos empreendimentos começam na próxima semana. Destes pré-selecionados,  10 (dez) grupos serão premiados e receberão assessoria em gestão, eletrodomésticos da marca Consul e 10 (dez) mil reais para investir na infraestrutura do negócio.

Nesta edição recebemos inscrições de alguns Estados que participam pela primeira vez, entre eles o Acre e o Tocantins. Nestes 15 anos de Consulado, sentimos muito orgulho em apoiar empreendimentos dos lugares mais remotos. É a força da marca Consul chegando onde ninguém mais chega e  apoiando mulheres empreendedoras de todo o Brasil, afirma Leda Böger, diretora executiva do Consulado da Mulher.

Empreendedoras do Restaurante Sumimi, de Manaus, um dos vencedores do Prêmio Consulado da Mulher de 2016 / Direitos autorais: www.brunofujii.com

Confira abaixo os empreendimentos selecionados para a segunda fase do Prêmio:

Qual a diferença entre o Prêmio Consulado da Mulher e as Inscrições para empreendedoras?

O Consulado da Mulher possui duas frentes de atuação: a seleção de empreendedoras e o Prêmio Consulado da Mulher, mas você deve estar se perguntando “Qual a diferença entre os dois? Em qual devo me inscrever?”.

A Seleção de Empreendedoras é para:

  • Mulheres maiores de 18 anos que cozinham (doces, salgados etc) e vendem ou já venderam para fora. Além disso, devem residir  no Distrito de Vila Prudente (SP), Distrito de São Miguel Paulista (SP), Rio Claro (SP), Joinville (SC) ou Manaus (AM).
  • A renda máxima de até 1 (um) salário mínimo, por pessoa da família.

Inscreva-se aqui: www.consuladodamulher.org.br/inscricoes

Já para o Prêmio Consulado da Mulher, os critérios são:

  • Ser um empreendimento coletivo com, pelo menos, 70% de mulheres na composição do grupo e possuir liderança feminina.
  • O grupo deve possuir mínimo de 1 (um) ano de existência, infraestrutura própria, perspectiva de crescimento e de formalização.
  • Pelo menos 70% do grupo com renda máxima de até 1 (um) salário mínimo, por pessoa da família.
  • Ser inscritos por uma entidade inscrita no Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ) sem fins lucrativos que atue junto ao grupo.

Inscreva-se aqui: www.consuladodamulher.org.br/premio2017

Veja em qual se enquadra e mande sua ficha de inscrição. Lembre-se que prazo para os dois processos é 31/03. Em caso de dúvidas, envie um e-mail para comunicacao@consuladodamulher.org.br.

Compartilhe em suas redes socias! 😉

#consuladodamulher #premioconsuladodamulher #reconhecendoeapoiandomulheres

Desafio acadêmico dará R$10 mil à foto que melhor representar a luta das mulheres pelo empoderamento feminino

Todos os dias milhões de mulheres travam uma verdadeira batalha em busca da equidade e da igualdade de gêneros, visando conceder ao público feminino, o poder de participação social, política, econômica, bem como em todas as demais esferas que compõem a vida em sociedade.

Em prol dessa causa, a startup Mucca está lançando o PhotoChallenge, um desafio acadêmico, de cunho artístico, que premiará com R$10 mil a fotografia que melhor representar a luta pelo Empoderamento Feminino.

As fotos enviadas serão avaliadas e julgadas por uma comissão interdisciplinar composta por fotógrafos, jornalistas e estudiosos da área, levando em consideração critérios como originalidade, criatividade e adaptação ao tema.

SOBRE A PREMIAÇÃO
O concurso dará $10 mil à fotografia que melhor representar o tema do Empoderamento Feminino. Sendo R$5 mil para o autor(a) da foto e R$5 mil doados a uma das ONGs defensoras da causa, conforme a escolha do(a) vencedor(a).

INSCRIÇÕES
As inscrições para o PhotoChallenge 2017 vão de 01/03/2017 a 31/06/2017 e devem ser feitas exclusivamente pela internet, na página oficial do concurso. Para mais informações, clique aqui e consulte o regulamento.

 

“Consulado da Mulher – confira as matérias na Record News e Globo”

O mês de setembro foi repleto de emoções, celebramos a conquista dos 10 grupos de mulheres com muita força e atitude no Prêmio Consulado da Mulher de Empreendedorismo 2016,

o Instituto Ressoar – Record News, nosso parceiro esteve presente e registrou os melhores momentos. As empreendedoras de São Paulo prepararam com muito carinho o coquetel e doces para nossas vencedoras e todos os convidados.

Ainda na matéria, conheça as histórias de Lúcia do empreendimento “Mimos de Lúcia” e as sócias Sandra e Cristina do “Jera Alimentação Saudável”.    

No mês de novembro, a história de Lúcia Batista também foi apresentada na TV Globo – Programa Como Será? na companhia da Coordenadora de Programas Sociais Kelly Silva.

4° Prêmio Consulado da Mulher de Empreendedorismo Feminino

picture1

Arthur Azevedo entrega o Prêmio Consulado da Mulher de Empreendedorismo Feminino para Maria Valdeci de Moraes e Alessandra Possebom, representantes do Grupo de Mulheres Mães da Terra

picture2

Cleociana Figueira, representante da Assossiação das Mulheres Agricultoras Rurais, recebe o Prêmio.

picture3

Apulata Waurá, representante das índias da Tribo Waurá, que hoje produzem e vendem pimentas em pó, agradece, em sua língua nativa o Prêmio Consulado da Mulher de Empreendedorismo Feminino.

 

Na 4a edição do Prêmio Consulado da Mulher de Empreendedorismo Feminino, representantes de 10 empreendimentos vencedores estiveram reunidas para receber merecida homenagem e celebrar o início de um novo ciclo.

Consulado da Mulher vira notícia durante a Virada Sustentável de Manaus

Elenice Lacerda, Katia Barreto e Gielyzandra Cruz foram as responsáveis pelas atividades do Consulado da Mulher durante a Virada Sustentável Manaus 2016

Elenice Lacerda, Katia Barreto e Gielyzandra Cruz foram as responsáveis pelas atividades do Consulado da Mulher durante a Virada Sustentável Manaus 2016

Durante os dias 9 e 10 de julho o Consulado da Mulher participou da Virada Sustentável Manaus 2016.  Abrimos nossa participação no sábado (9), com uma roda de conversa sobre “Empoderamento Feminino e Sustentabilidade”. O bate-papo foi organizado em parceria com a Whirlpool e contou com a presença do Secretário de Estado do Trabalho, André Encarnação, da Superintendente Regional do Trabalho do Amazonas, Marcia Kristina Amazonas e do Superintendente Geral da Fundação Amazonas Sustentável, Virgilio Vianna; além de Leda Boger, Diretora Executiva do Instituto Consulado da Mulher e Armando Ennes, Vice-Presidente de Novos Negócios, Relações Institucionais, Comunicação e Sustentabilidade da Whirlpool.