Últimas Notícias

Consulado da Mulher recebe Prêmio de Direitos Humanos e Diversidade

Na noite de ontem (05), o Consulado da Mulher foi reconhecido pela Prefeitura de São Paulo com o Selo de Direitos Humanos e Diversidade, promovido pela Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania (SMDHC).

Devido ao seu trabalho na transformação social por meio do incentivo ao empreendedorismo feminino, o Instituto foi premiado  na categoria “Mulheres”, que destaca iniciativas relevantes para o empoderamento das mulheres e a igualdade de gênero. Em se tratando de terceiro setor apenas duas entidades receberam este destaque, sendo uma delas o Consulado da Mulher.

(Érica Zanotti, gerente de Programas Sociais, recebeu o troféu  representando o Consulado da Mulher)

Mais sobre o Selo Municipal de Direitos Humanos e Diversidade

Instituído pelo Decreto nº 58.180, de 05 de abril de 2018, esta é a primeira edição do Selo,concedido às empresas privadas, públicas e iniciativas do terceiro setor, que se destacam pela adoção de boas práticas no respeito aos direitos da pessoa humana, valorização da diversidade e promoção da inclusão.

Foram mais de 133 iniciativas inscritas e após uma criteriosa avaliação 55 iniciativas foram premiadas, sendo 16 entidades do terceiro setor, 35 empresas e 4 órgãos públicos, distribuídos entre as 10 categorias do Selo: Crianças e Adolescente; Idosos; Igualdade Racial, Imigrantes; Juventude; LGBTI; Mulheres; Pessoas com Deficiência; Pessoas em Situação de Rua; Pessoas privadas de liberdade e Egressas.  

Adote uma criança

Durante o mês de outubro, o Consulado da Mulher, ação social da marca Consul, iniciou as arrecadações de roupas e brinquedos para as crianças participantes das atividades da ONG Estrela Nova (SP) e do Projeto Nova Canaã (BA). No total, 142 crianças serão beneficiadas – 61 em São Paulo e 81 na Bahia.   

Em uma ação interna, o Instituto contou com o auxílio dos colaboradores Whirlpool que abraçaram a causa e se responsabilizaram por montar os kits natalinos que serão entregues no último dia letivo do ano.

(crianças participantes das atividades do Projeto Nova Canaã). 

O Consulado da Mulher acredita na importância de apoiar organizações que que complementam as suas atividades com ações voltadas à saúde e educação. Tanto a ONG Estrela Nova, quanto o Projeto Nova Canaã, são reconhecidos por atuarem com crianças e pré-adolescentes durante o contra turno escolar, auxiliando diretamente os responsáveis pelo sustento de seus lares.  

Conheça mais sobre as atividades de cada uma: Projeto Nova Canaã | Estrela Nova

Oficina do Sabor by Ádamo é inaugurada em Joinville (SC)

Parceria social que beneficia empreendedoras populares em Joinville inaugura nova unidade nas instalações da Whirlpool Corporation

Há 11 anos o projeto Oficina do Sabor está presente nas unidades Whirlpool Corporation (fabricante das marcas Consul, Brastemp e KitchenAid). São pequenas lanchonetes, com o propósito de oferecer refeições saudáveis e ampliar as oportunidades de comercialização para  empreendedoras populares assessoradas pelo Consulado da Mulher, ação social da Consul.

Para oferecer novas alternativas de alimentação aos colaboradores Whirlpool, e também fortalecer a inclusão social de mulheres empreendedoras,  o Consulado da Mulher estabeleceu parceria com a rede de restaurantes Ádamo Gastronomia.

Trata-se de uma modalidade de negócio com ampla abordagem social,  onde a experiência prática contribui para a qualificação profissional de pequenas empreendedoras informais, preparando-as para o fornecer em escala.

De acordo com a gestão do Ádamo Gastronomia,  a parceria promove a sustentabilidade social e econômica das mulheres empreendedoras através da comercialização de seus produtos nas Oficinas.

Leda Böger, diretora executiva do Instituto, concorda com esse posicionamento e adiciona:

“ Estamos desenvolvendo aqui um novo modelo de negócio social, que não visa apenas o lucro, mas o comércio justo e a valorização dos pequenos empreendimentos locais. A clientela também fica feliz e satisfeita, pois passa a ter acesso a produtos fresquinhos e artesanais todos os dias, em seu próprio local de trabalho.”

Corro por Elas 2018 é realizado em São Paulo

Neste sábado, 06, foi realizada a 7ª edição do Corro por Elas, no Jardim Botânico, em São Paulo.

O evento que acontece em prol do Instituto Consulado da Mulher, ação social da marca Consul, também tem como objetivo incentivar o senso desportivo, a saúde e a qualidade de vida dos colaboradores Whirlpool (empresa mantenedora do Consulado da Mulher), seus familiares e amigos.

Neste ano, os mais de 200 participantes puderam escolher entre uma corrida de 4km ou uma caminhada de 2km e, assim, conhecer os benefícios de ambas as práticas que podem prevenir a obesidade, auxiliar na perda de peso, prevenir complicações cardiovasculares e melhorar as condições de estresse, ansiedade e humor.  

Além da corrida e caminhada, aulas de dança e um momento relaxante de yoga também fizeram parte da manhã de sábado no Jardim Botânico paulista.

“Esse é um evento marcante para Gestão de Saúde. A Whirlpool é sempre lembrada pela gestão de pessoas e por trabalhar pela qualidade de vida dos colaboradores. O Corro por Elas é um símbolo na promoção do combate ao sedentarismo, além de incentivar o desenvolvimento social através do Consulado da Mulher”, disse Alcides Gallo Junior, Médico Consultor da Whirlpool Corporation em São Paulo.

(Alcides Gallo Junior, realizando a abertura do evento)

Assim como os adultos, as crianças também participaram da atividade. Elas tiveram uma largada exclusiva, além de se divertirem e brincarem muito no Espaço Kids.

(Todas as crianças foram vencedoras nessa brincadeira)

Vinicius Lima, colaborador Whirlpool, fez questão de levar a família para o evento e afirma que já estão ansiosos para o próximo ano. “Parabéns ao Consulado da Mulher e os apoiadores que fizeram acontecer mais essa edição do Corro por Elas. Eu e meus familiares adoramos participar e essa, com certeza, é a primeira de muitas edições que estaremos presentes”, disse contente.

(Ricardo Petti, Maria Josefina Petti, Vanessa Antunes e Vinicius Antunes)

Toda a renda arrecadada com as inscrições será revertida para apoiar mulheres assessoradas pelo Consulado da Mulher. Aos colaboradores Whirlpool: obrigada por fazerem parte disso.

Veja mais fotos clicando aqui. 

Fotos em parceria com a MERCI MODELS MANAGEMENT

Cerimônia Prêmio Consulado da Mulher 2018

Ontem (25), tivemos o prazer de reconhecer mais 11 empreendimentos como os vencedores do Prêmio Consulado da Mulher. Em sua 6ª edição, a premiação trouxe novidades: agora além da categoria destinada a Empreendimento Coletivo, também reconhecemos a importância do Impacto Social.

Com o objetivo de homenagear oficialmente as vencedoras, selecionadas entre mais de 100 projetos, o evento que aconteceu no Spazio Giardini, em São Paulo (SP), contou com a presença de colaboradores e parte da liderança da Whirlpool Corporation (empresa mantenedora do Consulado da Mulher e fabricante das marcas Consul, Brastemp e KitchenAid).

Além disso, duas convidadas especiais, Ivete Pavinato, fundadora da marca de sorvetes Paviloche, e Ivana Canovas, ex empreendedora assessorada pelo Consulado da Mulher, compartilharam com muito bom humor as suas trajetórias, inspirando e arrancando gargalhadas de todos.

Ivete Pavinato. 

Ivana Canovas.

Dados de 2017 do Serasa Experian apontam que no Brasil existem 5,7 milhões de mulheres empreendedoras e 60% delas são donas de pequenas empresas. Há 16 anos, o Consulado da Mulher trabalha para chegar às pequenas e micro empreendedoras e empoderá-las para que sejam capazes de crescer profissionalmente.

“Mais de 34 mil pessoas já foram beneficiadas com a nossa ação. São mulheres simples que na maioria das vezes empreendem por necessidade, e que quando bem sucedidas em suas iniciativas conseguem transformar a vida de suas famílias e comunidades”, pontuou Leda Böger, diretora executiva do Instituto.

A hora da diversão é também aprendizado  

Durante toda essa semana as representantes dos 10 empreendimentos coletivos vencedores irão passar pelas primeiras capacitações ministradas pela nossa equipe técnica.

Entretanto, antes desses encontros, como já acontece tradicionalmente, as vencedoras foram conhecer alguns pontos turísticos da cidade que não para: São Paulo.

Todo o processo do Prêmio Consulado da Mulher é recheado de histórias, cada visita, cada seleção, tudo. Com o tour, nós pudemos proporcionar o mesmo sentimento de novidade as vencedoras que também levarão para casa uma mega bagagem cultural.

Empreendedoras, parceiros e parte do time Consulado da Mulher – Escadaria da Vila Madalena

Clique nos vídeos abaixo e conheça mais sobre cada empreendimento!

 

Consulado e Ressoar juntos em prol da Mulher

Por aqui setembro foi aberto com chave de ouro. No último sábado (01), o Instituto Consulado da Mulher, em parceria com o Instituto Ressoar, realizou um mutirão de revitalização no Centro de Acolhida Especial para Mulheres Aparecida, em São Paulo.   

O Centro acolhe mulheres, com ou sem filhos, em situação de vulnerabilidade social, incluindo as que viviam em situação de rua, as que já passaram por violência doméstica e até mesmo mulheres refugiadas. De acordo com Leda Böger, diretora executiva do Consulado da Mulher, ações como essa serão sempre bem vindas para o Instituto, “pois além de fomentar o empreendedorismo feminino, também apoiamos atividades complementares às nossas”, disse.  

Além da doação de eletrodomésticos Consul, 22 Colaboradores da Whirlpool Corporation (empresa fabricante da Consul, Brastemp, KitchenAid e mantenedora do Consulado da Mulher) se voluntariaram e tornaram-se responsáveis pela revitalização do local.  Veja as mudanças:

Parte desses voluntários também dedicaram o seu tempo para a recreação com as crianças do Centro. Enquanto isso suas mães passaram por um momento de cuidados na imagem.

 

  • Não só os participantes direto da ação nos ajudaram nessa causa. Colaboradores Whirlpool Corporation das área de TI e ECOHOUSE (respectivamente nas fotos) também arrecadaram brinquedos e jogos de lençóis para os moradores do Centro de Acolhida.

Quem experimenta o voluntariado, dificilmente vai querer parar de doar tempo em prol de uma causa que acredita. É por isso que o Consulado da Mulher não abre mão de auxiliar e divulgar ações como essa, que mudam vidas.  

“Ao doar nosso tempo para uma atividade voluntária, temos maior clareza de nossa missão pessoal e do nosso lugar no mundo, nos tornamos mais felizes. Já no aspecto profissional, o voluntariado nos torna mais preparados para interagir com pessoas, exercitamos ao mesmo tempo os valores que nos identificam como companhia: Respeito, Integridade, Diversidade & Inclusão, Trabalho em Equipe e Espírito de Vitória”Leda Böger.A ação será exibida no dia 09 de setembro, às 17 horas, na Record News.

Grupo vencedor do Prêmio Consulado da Mulher fecha contrato com a Rede Natura

Em 2015, tivemos o prazer de conhecer e premiar as mulheres da Associação Agroextrativista dos Moradores do Ajó (Grupo AMA). Nesse ano, junto das nossas assessorias, começava também uma parceria focada no crescimento profissional das empreendedoras participantes do Grupo.

De lá pra cá muita coisa mudou para as empreendedoras que produzem polpas de frutas na cidade de Cametá (PA). E os reconhecimentos são a maior prova disso.

O empreendimento teve um projeto aprovado pelo Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), do Governo Federal, que tem duas finalidades básicas: incentivar a agricultura familiar e promover o acesso à alimentação.

Outra boa notícia é que o Grupo fechou contrato com a Natura, líder no setor de venda direta no Brasil. Agora, as polpas de frutas do AMA também estarão presentes nos cosméticos, perfumarias e maquiagens da marca. Demais, não é!?

A emancipação do AMA foi realizada no segundo semestre de 2017, mas ainda temos uma estreita relação de carinho com as empreendedoras que em sua maioria, assim como acontece com outros grupos, permanecem próximas a nós. “Queria dividir minha alegria com vocês. Agradecer imensamente o Consulado da Mulher pelo apoio e parceria. Gratidão”, disse Elizeth Marques, parceira do Grupo AMA.

*Assessoramos mais dois grupos na região que foram inscritos pela mesma entidade parceira ao Grupo AMA. Sem dúvidas, 2018 é só mais um dos muitos anos de sucesso que virão!

Instituto Alcoa: Parceria de sucesso

A equipe técnica do Consulado da Mulher, em parceria com o Instituto Alcoa, está capacitando educadores  em São Luís (MA).

O objetivo do projeto, que tem duração de 12 meses, é repassar a uma organização local sem fins lucrativos,  – o Instituto Formação – a tecnologia social do Consulado da Mulher, que inclui temas de gestão administrativa e financeira, marketing, vendas, pessoas, formalização, sustentabilidade e gênero.

O Instituto Formação realizou processo seletivo de empreendedoras nas comunidades que atua (Inhauma, Vila Maruai e Rio Grande) e  com apenas três meses de projeto 75 empreendedoras de diferentes áreas já foram mobilizadas. O plano é que esse número continue crescendo.

Sobre o Instituto Alcoa:

Fundado em 1990 no Brasil, o Instituto Alcoa tem como missão gerar um legado de sustentabilidade nas comunidades onde está presente, por meio de projetos estratégicos e articulados que valorizem e fortaleçam suas potencialidades.

O Alcoa quer contribuir para o desenvolvimento das comunidades, auxiliando em temas estratégicos como educação, saúde, meio ambiente, segurança e trabalho e renda.

Sobre o Instituto Formação:

A decisão de criar essa organização foi motivada pelo compromisso de um grupo com o desenvolvimento sustentável das regiões maranhenses, empobrecidas pela ausência de políticas públicas estruturantes.

4ª edição da Virada Sustentável Manaus tem participação do Consulado da Mulher

No último final de semana, mais de 15 mil pessoas se reuniram para participar da Virada Sustentável Manaus. O evento, que tem como proposta tornar a capital amazonense engajada e antenada a importância da sustentabilidade,  teve shows, rodas de conversa e oficinas em diferentes pontos da cidade.

O Consulado da Mulher  realizou a Oficina “Princípios do Empreendedorismo”, uma atividade pensada para atender as refugiadas venezuelanas que vivem na região. Para nossa alegria, era visível o engajamento das mulheres presentes pela busca de um futuro melhor, considerando não só a renda, mas também a valorização da identidade étnica e cultural.

Katia Lima, Girlene Oliveira e Rafael Gomes, palestrantes da oficina, contam que as falas das participantes serviram como um verdadeiro exemplo de perseverança e determinação.

Segundo Dona Ramona, uma das participantes da oficina, “a mulher venezuelana é guerreira, sonhadora, batalhadora e não se deixa cair por situações difíceis.”

  

Após a realização da oficina de empreendedorismo, as mulheres foram informadas sobre o processo seletivo do Consulado da Mulher e, se desejarem, terão a oportunidade de receber assessoria do Instituto para fortalecer seus pequenos negócios.

 

Empreendedoras & Formação de Sustentabilidade

Na última quarta-feira (25), Twylla Aragão, nossa educadora social, ministrou a aula final do módulo de sustentabilidade para a turma de empreendedoras assessoradas de 2017.

Dentro dos dois anos de assessoria oferecido às mulheres participantes do nosso Processo, são trabalhados temas como gestão administrativa e financeira, marketing, vendas, pessoas, formalização, gênero e é claro sustentabilidade. Todos esses assuntos, quando bem desenvolvidos, geram impactos positivos em um negócio.

O objetivo das atividades, que ocorreram no SASF (Serviço de Assistência Social à Família) em São Paulo e parceiro do Consulado da Mulher, é repassar para as empreendedoras participantes a importância de entender o que é sustentabilidade e conhecer os seus três pilares: ambiental, social e econômico.

Compreendendo sobre os impactos e desastres ambientais e como fazer para minimizá-los; sobre o consumo consciente; descarte correto do lixo e óleo; reaproveitamento integral dos alimentos e o não desperdício de água e energia.

Para finalizar o módulo de forma leve e divertida, a atividade proposta foi que as assessoradas confeccionassem carteiras utilizando caixas de leite, tecido e cola, e o resultado foi encantador. “Podemos trabalhar a reciclagem e ensiná-la sem gastar muito. O melhor é que menos seis caixas de leite foram descartadas durante nossa aula”, contou Twylla.  

 

Sobre o Processo Seletivo de Empreendedoras

O Processo Seletivo de Empreendedoras é mais uma das ações orientadas e criadas pelo Instituto Consulado da Mulher. Anualmente, as inscrições para a participação são abertas para mulheres que cozinham e vendem seus produtos e o objetivo é simples: profissionalizar essas empreendedoras que já amam cozinhar e sabem que podem melhorar sua renda com isso.

As inscrições para a turma 2018 estarão abertas até o dia 31 de agosto, para participar é só preencher a ficha de inscrição disponível aqui. Então se você cozinha e quer aumentar a sua renda, não esqueça que nós podemos te dar uma mãozinha.

Confira o regulamento na página de inscrição e boa sorte!