Histórias de Empreendedoras

De Sapatilhas: O Empreendimento que nasceu do sonho de dançar

Acompanhar sonhos – Talvez seja essa a melhor forma de explicar o que é o De Sapatilhas, um empreendimento criado por mães nascidas em diferentes regiões do país, mas que hoje vivem em Joinville (SC) para acompanhar os seus filhos, bolsistas na Escola do Teatro Bolshoi no Brasil, e apoiá-los no sonho de se tornarem bailarinos profissionais.

Não são só as vidas dos bailarinos que mudam durante essa transição, as das pessoas que optam por acompanhá-los também, mas isso as #MãesMulheresEmpreendedoras do grupo já sabiam antes mesmo dos seus primeiros encontros, segundo elas, responsável pelo nascimento do “Amor em potinhos”, suas produções em forma de bolo no pote.

Assim que conhecemos o grupo, em 2016, as produções eram realizadas com os equipamentos que uma ou outra participante tinha; escassez que dificultava a profissionalização do empreendimento. Karina, uma das Mães De Sapatilhas, conta que isso mudou quando a marca de eletrodoméstico Consul chegou em suas vidas e foi capaz de enxergar através das nossas visitas técnicas o potencial que existia alí.

“Quando, além de recebermos fogão, microondas e outros equipamentos básicos de uma cozinha, recebemos dois anos de assessorias que foram literalmente o nosso divisor de água, vimos a diferença e um nível a mais de responsabilidade nascer. Não há dúvidas que a confiança e a credibilidade que nos deram mudou totalmente a nossa visão”, disse.

A partir do dia 06 de fevereiro, o De Sapatilhas terá o seu próprio espaço no Saltare Centro de Dança, o que possibilitará ainda mais o seu crescimento. É ou está em Joinville? Então vem com a gente prestigiar essas guerreiras De Sapatilhas.

Local: Saltare Centro de Dança – Rua Orestes Guimarães, 406 – Joinville.

O Salto de Lucia

“Antes eu vendia cerca de 4 ovos por Páscoa, depois da passagem do Consulado da Mulher pela minha vida eu vendo mais de 100!”

Antes do seu encontro com o Consulado da Mulher, Lucia Batista, a protagonista dessa história, já comercializava os seus doces e salgados há 15 anos. A empreendedora, assessorada até 2017, já sabia que faltavam alguns empurrõezinhos para que o seu negócio vingasse e, com o apoio do Consulado, nos últimos dois anos conseguiu descobrir quais.

Lucia só se tornou a principal responsável pela renda familiar de sua casa quando o seu marido precisou ser afastado do emprego por um problema de saúde. Ela lembra que antes disso preparava bolos para os seus três filhos e amigos só por diversão e puro gosto, entretanto, com o ocorrido, a sua situação financeira virou de ponta cabeça e ela sentiu que aquele era o momento de colocar a mão literalmente na massa.

“Nesse mesmo dia eu vi uma receita no Programa da Ana Maria Braga de esfiha e, por coincidência, todos os ingredientes usados eram coisas que eu já tinha na minha casa. Fiz 11 esfihas e vendi todas, cada uma por um real”. Os 11 reais ganhos em sua primeira venda foram utilizados para a compra de mais ingredientes para outra produção e desse dia em diante os “Mimos de Lucia” tornaram-se a principal renda de sua família.

15 anos após essa primeira venda, ela conheceu, por indicação de sua sobrinha, o processo de seleção de novas empreendedoras. Se inscreveu e como já sabemos foi uma das mulheres aprovadas, ganhando não apenas os eletrodomésticos que faltavam para a sua produção, mas também dois anos de assessoria direta que, segundo ela, foi o ponto que mais fez diferença para a sua trajetória.

Quando questionada sobre o porquê acreditar que o Consulado da Mulher seja o empurrãozinho que faltava em sua vida profissional, Lucia tenta ser bem clara citando valores e números, “Assim que eu comecei a fazer as assessorias se eu vendesse mil reais ao mês eu já achava muito, mas na última vez que me reuni com os educadores sociais o meu rendimento mensal era de praticamente 6 mil, é um salto bem grande”.

Hoje, tanto tempo depois de suas primeiras esfihas, a empreendedora e o marido trabalham juntos no Mimos De Lucia que por sinal não para de crescer.

O salto de Lucia não ocorreu porque ela passou a se dedicar mais ou menos ao seu negócio, aliás, a palavra dedicação é algo que nunca faltou em sua cozinha. O que faltava em sua vida era a profissionalização, confiança e empoderamento. Acredite… Essas características tem o poder de mudar vidas.

Você pode conhecer mais sobre o trabalho de Lucia em sua página no facebook, clique aqui e não deixe de curtir!

 

    

História de Márcia Monteiro, ex assessorada do Consulado da Mulher, é parte do projeto Todo Dia Delas

Márcia Monteiro, 53 anos, é mais uma das mulheres que passaram pela assessoria do Instituto Consulado da Mulher, ação social da Consul, provando que sonhos podem e devem ser realizados. Chef de cozinha do Restaurante Fio de Azeite, e também proprietária ao lado de sua sócia Cintia Antunes, Márcia viu sua vida mudar em um período de 5 anos.

Conheceu o Consulado da Mulher, fez parte de um grupo já constituído, e tempos depois já estava trabalhando na Oficina do Sabor, restaurante/lanchonete localizado em todas as unidades Whirlpool Brasil, que também é conduzido por mulheres empreendedoras assessoradas. Decidida a alçar novos voos, após atuar na Oficina do Sabor, partiu em busca de seu sonho.

Em 2015, ela e Cintia, abriram o Fio de Azeite que já é considerado um dos melhores do bairro do Cambuci, no centro de São Paulo. A condição inicial para que essa parceria fosse fechada era que Márcia pudesse dar oportunidades de trabalho para os menos favorecidos.

O que você leu aqui é apenas um resumo dessa longa história que com certeza não termina nesse parágrafo, a equipe do HuffPost Brasil fez uma matéria incrível sobre a vida da Chef e você pode ler tudo, clicando aqui.

A entrevista faz parte do Projeto Todo Dia Delas, da Aberje C&A, que tem como objetivo contar 365 histórias inspiradoras de mulheres empreendedoras ao longo do ano. Todas as matérias estarão disponíveis no HuffPost Brasil, vale a pena conferir!

Conheça mais sobre o Fio de Azeite, eles estão sempre presentes em suas redes sociais (Facebook/ Instagram).